sábado, 10 de outubro de 2009

Base Dulce: o perigo está embaixo de nós[Parte 1]

Essa é a parte um que fala sobre a base Dulce , na parte dois falarei sobre Phillip Schneider, um homem que diz ter baleado e matado dois alienígenas grays.
Base Dulce: o perigo está embaixo de nós

Dulce é uma pequena cidade ao norte do Novo México e não tem muito movimento. Mas segundo forasteiros , abaixo da mata fechada “Archuleta Mesa”, há um segredo ligado à governo-alienígenas (grays e reptilianos), encarregados de executar experimentos bizarros em humanos e animais. Um policial chamado Gave Valdez e um dono de um rancho chamado Howard Burgerss ficaram curiosos sobre a forma em que o gado estava sendo escolhido para as mutilações ( que eram comuns na região) , eles moveram o gado para uma rampa estreita sob luz ultravioleta e descobriram uma substância brilhante no pescoço, na orelha e na perna direita, exames feitos nas áreas em que essas substâncias foram encontradas indicaram depósitos significativos de magnésio e de potássio (esse 70 vezes acima do normal).
Um ex-oficial com autorização Ultra-7 (conhecia sete subníveis, que serão citados mais tarde) chamado Thomas, afirma que haviam mais de 18.000 grays na base de Dulce e também alguns humanóides reptíleos. O único aviso em inglês era sobre uma estação de trem onde estava escrito "Para Los Alamos", conexões iam de Dulce para page (instalação do arizona), então para a base subterrânea abaixo da Área 51 no Nevada. As outras mensagens estão escritas em uma língua alien e em um sistema compreendido por humanos e Alienígenas. O controle lá é rígido, todos os dias cada pessoa é pesada e recebe um uniforme(para os visitantes da cor branca) com zíper, o peso de cada pessoa é colocada em um cartão de identidade feito em computador a cada dia, nenhuma mudança passa batida( é anotado em qualquer mudança) e se ultrapassar três libras ( 1.3 KG) são pedidos exames. Em Dulce tudo é controlado por magnetismo, inclusive a iluminação. As lâmpadas não são normais e os túneis são controlados por unidades fosfóricas, em alguns túneis mais profundos se usa uma forma de anidrito fosfórico para iluminar temporáriamente certas áreas ( e os aliens não se aproximam dessas áreas).
Níveis da Base Dulce
  • Nível-1: garagem para a manutenção da rua;
  • Nível-2: garagem para trens, naves, máquinas de furar e manutenção de discos;
  • Nível-4: estudo de aura humana, telepatia, sonhos e hipnose. Thomas diz que eles sabem como separar o corpo bioplasmático do corpo físico, e colocam uma matriz de força de vida de “entidade alienígena” dentro do corpo humano, após remover a matriz de força de vida da “alma” do humano;
  • Nível-5: Habitação alienígena
  • Nível-6: particularmente chamado “Salão do Pesadelo”. Aqui nós temos laboratórios genéticos, onde são feitos experimentos em focas, peixes, pássaros e camundongos, que tem seus corpos amplamente alterados. Há humanos com multibraços e multipernas. Jaulas, tanques, com criaturas humanóides com aparência de morcego, com 2,30m de altura;
  • Nível-7: Filas e filas de milhares de humanos, restos de misturas humanas e embriões de humanóides mantidos em armazenamento frio. Foi quando Thomas viu isso que as coisas para ele atingiram o clímax; ele diz: “Eu freqüentemente encontrava humanos em jaulas, geralmente tontos ou drogados, mas às vezes eles choravam ou imploravam por ajuda. Nós fomos avisados de que eles eram irremediavelmente insanos e envolvidos em teste com droga de alto risco, a fim de curar a insanidade.”. Thomas também alertou de que os et’s não querem a terra, o ouro, os minerais ou a água que possuímos, nem mesmo a vida humana ou animal. O que os aliens querem é o poder magnético que move a Terra. Eles colhem essa força magnética de um modo desconhecido para nós.
Para ver uma imagem da área onde fica Dulce clique aqui.

Para ver este assunto sendo discutido clique em cima do nome de quem o postou, logo abaixo:

Assunto postado na comunidade por: *zé, Izi, Gabriel e Robinho
Texto revisado por: Rafael

1 Comentário:

Artanis Knarf disse...

Belo post Rafa! Parabéns!

Postar um comentário

Obrigado, seu comentário é muito importante!